Você, novo empreendedor sabe o que é Chargeback?

chargeback

No momento atual as vendas online aumentaram consideravelmente, segundo um relatório da Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), o percentual das vendas online no comércio global aumentou de 16% para 19%. Sendo assim muitas pessoas aproveitaram o momento para iniciar a carreira de empreendedor através de lojas virtual. Porém, com o aumento dessa demanda os comerciantes online podem se deparar com grandes riscos as atividades empreendedoras.

Neste blog te explicaremos o que é chargeback, como resolver e o porquê você deve prevenir a sua empresa.

O que é chargeback?

Quando o cliente pede o cancelamento do pedido após a finalização de todos os processos de compra, ou seja, após o pagamento pelo cartão de crédito ser faturado. O cliente notifica a operadora, ela faz a análise e caso tenha alguma irregularidade, é dado início a devolução do valor pago ao cliente, isso é chamado de chargeback.

O chargeback é uma maneira das operadoras garantir a segurança dos usuários tanto para e-commerce quanto para lojas físicas. No entanto o chargeback pode ser muito prejudicial ao lojista, a seguir iremos te mostrar algumas situações em que é acionado ao chargeback:

1 – Erro do valor da compra, por exemplo: quando o cliente faz uma compra com um valor x e em sua fatura do cartão consta outro valor, nessa situação o cliente pode acionar o chargeback.

2- Erro no processamento do Banco. (o mais raro de acontecer).

3- Quando o cliente faz a compra e com não recebe o produto.

4- Quando o titular do cartão não reconhece a compra em sua fatura (indícios de fraude).

Esses são alguns motivos que levam ao chargeback. Porém isso pode ser muito prejudicial para os lojistas, tanto na questão financeira como na credibilidade da loja. Uma vez que o chargeback é acionado por conta de fraude, o lojista perde o produto e tem que fazer o estorno do cartão.
As operadoras têm um controle sobre os pedidos de chargeback das lojas, sendo requisito para ser considerado um e-commerce saudável não ter a taxa de fraude superior a 1% do faturamento, desta forma evitando multas, advertências e descredenciamento junto às operadoras e bandeiras de cartão de crédito.

Como evitar o chargback em sua empresa?

O chargeback pode parecer ser um pequeno problema, mas em um período de médio e longo prago pode trazer um grande impacto no desempenho do seu negócio.
Para evitar que seu negócio pare de crescer e alcançar bons resultados vamos te mostrar algumas soluções para serem aplicadas em seu negócio.

Sistemas de antifraude: Alguns sistemas podem lhe ajudar a diminuir os riscos de fraudes em seu negócio, sinalizando quando uma compra parece incomum de acordo com o perfil do comprador, prevendo e bloqueando possíveis fraudes.

Disponibilizar a emissão de boletos: A emissão de boleto é um meio de pagamento antigo no mercado e muito eficaz, já que para finalizar o pedido o cliente tem que efetuar o pagamento no banco ou então em uma lotérica na região.

Prazos realistas: Muitos clientes acionam o chargeback por perceber um atraso na entrega, maior que o previsto no momento da compra. Seja realista com seu cliente quanto ao prazo de entrega, assim evitará sobre possíveis inseguranças e até mesmo suspeitas pelos clientes.

Aviso de recebimento: Usar o aviso de recebimento é uma ótima forma de monitorar o processo de entrega de transportadoras ou/e correios.
Outro recurso muito eficaz é a “mão própria” esse recurso faz com que o cliente faça a sua assinatura no momento de entrega.

Agora que você sabe o que é chargeback e os riscos que correm o seu negócio, você pode buscar aprimorar os meios de segurança oferecidos, tanto para o seu negócio quanto para seus clientes também.

Nos siga nas redes sociais, lá você encontrará muitos assuntos relacionado aos meios de pagamentos:

Facebook: franquiasdindinpag.oficial

Instagram: franquiasdindinpag.oficial

Linkedin: franquiasdindinpag.oficial